Revista UFO - Portal da Ufologia Brasileira - A mais antiga revista sobre discos voadores do mundo

ARTIGO

Por Bob Pratt

Nordeste - região flagelada por aliens

Relatos assombrosos de pessoas que foram atacadas por naves e seres de origem não terrestre

Categoria: ABDUÇÕES ALIENÍGENAS | ATAQUES EXTRATERRESTRES
crédito: jenin hunter
ampliar
Algumas pessoas não puderam dar seu testemunho porque ficaram incapacitadas ou morreram, vítimas de ataques extraterrestres
SAIBA MAIS
Como saber se você já foi abduzido por seres extraterrestres Finalmente, a luz no fim do túnel Lembranças de uma abdução

Nos últimos 50 anos, centenas de milhares de pessoas em todo o mundo tiveram contatos imediatos com alienígenas e, em muitos casos, contatos bem próximos. A maior parte dos incidentes é relativamente inofensiva, mas há um aspecto insensível, até cruel, dos extraterrestres que não pode ser ignorado. Desde os anos 70, e provavelmente até antes, coisas terríveis são feitas às pessoas no Brasil, talvez mais do que em todos os outros países juntos, e esses ataques ainda ocorrem. O livro Perigo Alienígena no Brasil, que acabo de publicar através da Biblioteca Ufo [Código LV-14], trata de acontecimentos verificados com dezenas de vítimas, a maioria das quais me contaram suas histórias no decorrer de anos de investigações de campo, em 13 visitas que fiz ao país entre maio de 1978 e setembro de 1999. Algumas pessoas não puderam dar seu testemunho porque ficaram incapacitadas ou morreram, vítimas de ataques extraterrestres.

 

Meu livro não tenta convencer as pessoas de que UFOs existem. A maior parte da população mundial já aceita, há muito tempo, a realidade do fenômeno. Qualquer investigador objetivo e de mente aberta chegará a esta conclusão. Mas notícias sobre esses incidentes são amedrontadoras para os moradores de pequenas cidades, vilarejos, fazendas e florestas nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, onde ocorreu a maioria dos incidentes relatados na obra. Para essas pessoas, esse terror é muito real e tem vários nomes. Entre os mais comuns são Chupa, Chupa-Chupa ou Chupa Sangue. Muitos acreditam que o Chupa-Chupa, por exemplo, suga o sangue de humanos e animais – e há provas de que isso realmente acontece. Dependendo de com quem você conversa, o agressor alienígena é também chamado de luz, fogo, animal, verme, aparelho, máquina, coisa e objeto. É comum também ouvir a expressão disco voador, ou só disco. Poucos são os que usam a sigla UFO ou OVNI quando se referem às suas experiências. Pelo que constatei, para eles, isso é uma coisa verdadeira e pessoal, com uma identidade definida, um terror que vem do céu, sem aviso prévio.

 

O fato de que essas experiências violentas estão ocorrendo principalmente no Brasil não significa que os habitantes de outros países estejam livres de ataques. UFOs são vistos em todas as nações do mundo, e o que acontece aqui pode se repetir em qualquer lugar. Então, por que um norte-americano escreveria um livro sobre UFOs no Brasil? Porque minha busca por respostas a essa malevolência ufológica me fez percorrer uma parte tão grande desse país, que talvez nenhum outro pesquisador tenha estudado. Investiguei casos desde o meio do Amazonas até o sul do país, na fronteira com o Uruguai. Entretanto, concentrei meus esforços no Norte e Nordeste, onde ocorre muita atividade ufológica. O país possui mais de 170 milhões de habitantes, mas há apenas 300 a 400 ufólogos ativos, a maioria morando em grandes cidades.

Atenção
Para continuar lendo este artigo, você deve se cadastrar no Portal UFO.
O cadastramento é gratuito e dá acesso a todo o conteúdo do site. Basta clicar aqui.
Caso já tenha cadastro, conecte-se na home do site ou clique aqui.
ENQUETE
  GENIAIS.COM   
Edição 218
Sumário Edições anteriores

CENTRAL DE ATENDIMENTO

(67) 3341-8231
Horário: das 09h00 às 18h00, de segunda a sexta (exceto feriados)

FORMAS DE PAGAMENTO

Formas de pagamento

NOTÍCIAS MAIS VISUALIZADAS

+ NOTÍCIAS
2011 © Editora Evolução Ltda.
Todos os direitos reservados. Termos de Uso. Declaração de privacidade.