Revista UFO - Portal da Ufologia Brasileira - A mais antiga revista sobre discos voadores do mundo

ARTIGO

Por A. J. Gevaerd

Os agroglifos estão de volta

O fenômeno é novamente registrado no Oeste Catarinense, agora em dois exemplares com características ainda mais complexas do que os dos anos anteriores

Categoria: AGROGLIFOS (CÍRCULOS INGLESES) | EQUÍVOCOS | INVESTIGAÇÃO | RELATOS

Há exatamente seis anos, sempre na mesma localidade do país e praticamente na mesma época, eles voltam a surgir nos campos de trigo de Santa Catarina causando surpresa, espanto e muita curiosidade. Desta vez não foi diferente. Em 02 de novembro passado, a pacata Ipuaçu recebeu novamente duas figuras de grandes dimensões em campos de trigo ao redor da cidade de pouco mais de 5 mil habitantes e a 520 km de Florianópolis. O ponto central da questão dos agroglifos brasileiros, que mais perplexidade causa na Comunidade Ufológica Nacional, está em tentar entender porque somente Ipuaçu, entre milhares de municípios do país — dos quais centenas também têm grandes lavouras de trigo —, é premiada com o fenômeno. E outra indagação, não menos importante, é qual é a razão que os leva a se manifestarem sempre na mesma época do ano, ou seja, nos últimos dias de outubro até os primeiros de novembro. Essas parecem, pelo menos até o momento, serem incógnitas indecifráveis.

Apesar de os agroglifos já serem conhecidos da Ufologia Mundial há mais de três décadas, 80% deles concentrando-se na Inglaterra e quase todo o restante em países do Hemisfério Norte, o Brasil só teve suas primeiras formações em 2008, quando duas delas surgiram em Ipuaçu, nas lavouras de trigo  e triticale de Inézio Trentin e Nilson Biazzotto. Os campos de plantio amanheceram com enormes círculos com anéis ao redor, formados por plantas dobradas — ainda vivas — e somando mais de 25 m de diâmetro cada. De lá pra cá, sem que haja uma só falha, o fenômeno vem se repetindo de forma constante e crescente, mas somente naquela cidade catarinense e na época mencionada. A Revista UFO vem acompanhando a evolução do fenômeno todos estes anos, tendo publicado artigos e relatórios em diversas de suas edições, sempre chamando a atenção da sociedade para algo tão intrigante e conclamando a comunidade científica a engajar-se na investigação do tema — neste caso, sem sucesso [Veja edições UFO 149, 161, 185, 186 e 195, todas agora disponíveis na íntegra em www.ufo.com.br].

 

 

crédito: Fotos ARQUIVO UFO. Diagramas de Inajar Antonio Kurowski
Atenção
Para continuar lendo este artigo, você deve se cadastrar no Portal UFO.
O cadastramento é gratuito e dá acesso a todo o conteúdo do site. Basta clicar aqui.
Caso já tenha cadastro, conecte-se na home do site ou clique aqui.
ENQUETE
Edição 213
Sumário Edições anteriores

CENTRAL DE ATENDIMENTO

(67) 3341-8231
Horário: das 09h00 às 18h00, de segunda a sexta (exceto feriados)

FORMAS DE PAGAMENTO

Formas de pagamento

NOTÍCIAS MAIS VISUALIZADAS

+ NOTÍCIAS
2011 © Editora Evolução Ltda.
Todos os direitos reservados. Termos de Uso. Declaração de privacidade.