Revista UFO - Portal da Ufologia Brasileira - A mais antiga revista sobre discos voadores do mundo

ARTIGO DE CAPA

Por A. J. Gevaerd

Os círculos chegaram

Surpreendendo a população e até os ufólogos, os círculos nas plantações surgem ineditamente no Brasil ? e parece que vieram pra ficar

Categoria: AGROGLIFOS (CÍRCULOS INGLESES)
crédito: IVO LUIS DOHL
ampliar
Uma marca circular de quase 20 m de diâmetro e com um anel externo, ambos feitos de pés de triticale dobrados próximos ao solo, despertaram a curiosidade da população e de todo o país
SAIBA MAIS
Agroglifos no centro do debate Mas eles não acordam nunca? Os agroglifos estão de volta

Ipuaçu, uma pequena cidade do noroeste de Santa Catarina, com pouco mais de seis mil habitantes e localizada a 520 de Florianópolis, capital do estado, é o local onde foram registrados os primeiros casos de agroglífos do país. É assim que são chamados os enigmáticos desenhos em plantações de grãos, surgidos inicialmente na Inglaterra, na década de 80, e hoje presentes em vários países [Veja edição UFO 146]. Anteriormente conhecidos como círculos ingleses, devido às suas origens, já foram exaustivamente estudados e vêm sendo acompanhados ininterruptamente há décadas por cientistas, autoridades, militares e especialmente pelos circólogos, como são denominados os pesquisadores que se dedicam a decifrar o mistério. Para eles, os agroglífos seriam algum tipo de mensagem que civilizações extraterrestres estariam enviando à espécie humana. Até hoje, já foram registrados mais de 20 mil deles em pelo menos 30 nações, embora o local de seu surgimento original, a Grã-Bretanha, ainda detenha cerca de 80% das manifestações mundiais, que podem chegar a mais de duas mil por ano. As figuras surgem do nada e impressionam por sua graciosidade aliada ao seu gigantismo. E da mesma maneira como aparecem, sempre no início do verão no hemisfério norte – época de plantio e colheita de cereais em alguns países –, desaparecem quando se encerra a estação, deixando para trás perplexidade e muitas perguntas sem respostas.

Sofisticados conjuntos geométricos

Quando começaram a surgir nas plantações inglesas, quase sempre culturas de grãos – trigo, cevada, aveia e cânola, principalmente –, os desenhos se limitavam a círculos de tamanhos modestos, às vezes com anéis circundando-os. Com o passar do tempo, as figuras foram ficando cada vez mais complexas, reunindo muitas vezes inúmeras formas geométricas dispostas harmonicamente – o que só aumentou a perplexidade de quem os acompanha e o número de perguntas sem respostas.

 

Em alguns casos, os agroglífos podem chegar a até 1.000 ou 1.200 m de comprimento e conter mais de 600 figuras dispostas de uma maneira absolutamente desafiadora para a mente humana. Muitas vezes, os conjuntos geométricos apresentam padrões matemáticos e astronômicos complexos, além de representações de conceitos científicos, desenhos de moléculas como o DNA e até coisas mais simples, como figuras que remetem a artefatos do cotidiano. Tudo isso denota, inquestionavelmente, a ação de uma inteligência por trás do fenômeno – e ela não parece ser humana ou terrestre. Mas, desde que começaram a ser registrados, e com a evolução de seus formatos e tamanhos, também passaram a ser copiados por pessoas que pretendiam ora desmoralizar os pesquisadores, ora provar que podem ser feitos pelo homem.

Atenção
Para continuar lendo este artigo, você deve se cadastrar no Portal UFO.
O cadastramento é gratuito e dá acesso a todo o conteúdo do site. Basta clicar aqui.
Caso já tenha cadastro, conecte-se na home do site ou clique aqui.
ENQUETE
Edição 213
Sumário Edições anteriores

CENTRAL DE ATENDIMENTO

(67) 3341-8231
Horário: das 09h00 às 18h00, de segunda a sexta (exceto feriados)

FORMAS DE PAGAMENTO

Formas de pagamento

NOTÍCIAS MAIS VISUALIZADAS

+ NOTÍCIAS
2011 © Editora Evolução Ltda.
Todos os direitos reservados. Termos de Uso. Declaração de privacidade.