Revista UFO - Portal da Ufologia Brasileira - A mais antiga revista sobre discos voadores do mundo

ENTREVISTAS

Por Jonatas Oliveira

Salvatore De Salvo: Nibiru virá, mas ainda há esperança para a humanidade

Categoria: 2012 | REFLEXÕES
crédito: ARQUIVO UFO
ampliar
Professor universitário e cientista internacional em Geobiologia pelo International Biographic Centre de Cambridge, Inglaterra, Salvatore De Salvo é nome de referência na Ufologia Brasileira
SAIBA MAIS
Ainda temos que evoluir muito para um contato oficial com extraterrestres Nem a sociedade, nem os cientistas estão preparados para um contato com ETs Uma análise da Ufologia pela ótica acadêmica revela onde ela pode melhorar

Professor universitário e cientista internacional em Geobiologia pelo International Biographic Centre de Cambridge, Inglaterra, Salvatore De Salvo é nome de referência na Ufologia Brasileira. Nasceu na Itália e, após se formar em engenharia na Academia Aeronáutica daquele país, em Nápoles, mudou-se para o Brasil, em 1953. Aqui, em 1955, ingressou na Faculdade de Engenharia Industrial (FEI), de São Paulo, onde se formou engenheiro químico. O professor De Salvo lecionou por 36 anos em diversas faculdades brasileiras, onde fez carreira de sucesso e construiu imponente reputação. Já próximo de se aposentar, escreveu Sinfonia da Energética I e II [Editorial Schimidt, 1992], e, em seguida, A Energia Cósmica e Você [Editorial Schimidt, 1994], O Romance da Vida [Editorial Schimidt, 1995], O Enigma de Mu [Biblioteca 24x7, 2007], A Alquimia da Saúde [Biblioteca 24x7, 2008] e Novos Segredos da Boa Saúde [No prelo], além de várias obras de cunho didático.

 

Para entendermos seu interesse pela Ufologia, precisamos voltar no tempo, até julho de 1943. Naquela época, no fim da Segunda Grande Guerra, houve a invasão da Sicília pelas Forças Aliadas. A então residência do professor De Salvo, uma antiga casa senhorial de seu bisavô, era enorme e abrigava dois grandes armazéns, onde eram guardados vários tipos de vinhos que a firma de seu avô comercializava. Devido ao tamanho do domicílio, era usado pelos aviões militares como ponto de referência para navegação. E por representar um objetivo militar muito exposto, além de ser próximo do porto da cidade, seria, provavelmente, alvejado, como de fato foi, o que forçou sua família a se acomodar na residência de um médico amigo, nas encostas do vulcão Etna. “Eram tempos difíceis”, conta. “Ficávamos muito apreensivos cada vez que o porto era atacado, o que acontecia diariamente, das 11h00 às 13h00”.

 

Os UFOs existem, mas continuamos ignorantes a respeito de sua tecnologia e , principalmente, a respeito da física que utilizam, permitindo-lhes realizar viagens interestelares e, provavelmente, no tempo. Aguardo uma melhor definição do assunto para, então, emitir opiniões, sem ter corrigi-las amanhã

 

Ele também descreve que, certo dia, descendo a rua em direção à praia, percebeu que um avião P-40 estava vindo para onde se encontrava. “Eu tinha 14 anos e usava calças curtas. Por isso, pensei que seria impossível que aquele piloto me alvejasse. Mas, na dúvida, encolhi-me atrás das pedras de uma mureta. O avião desceu e abriu fogo com suas metralhadoras. A rajada atingiu a mureta, mas sem conseqüência para mim”. O avião passou a poucos metros do professor De Salvo.

Atenção
Para continuar lendo este artigo, você deve se cadastrar no Portal UFO.
O cadastramento é gratuito e dá acesso a todo o conteúdo do site. Basta clicar aqui.
Caso já tenha cadastro, conecte-se na home do site ou clique aqui.
ENQUETE
  GENIAIS.COM   
Edição 218
Sumário Edições anteriores

CENTRAL DE ATENDIMENTO

(67) 3341-8231
Horário: das 09h00 às 18h00, de segunda a sexta (exceto feriados)

FORMAS DE PAGAMENTO

Formas de pagamento

NOTÍCIAS MAIS VISUALIZADAS

+ NOTÍCIAS
2011 © Editora Evolução Ltda.
Todos os direitos reservados. Termos de Uso. Declaração de privacidade.