Revista UFO - Portal da Ufologia Brasileira - A mais antiga revista sobre discos voadores do mundo

ARTIGO

Por Bill Chalker

A impressionante presença alienígena na Austrália

Quando o assunto é Ufologia, normalmente pensamos nos Estados Unidos e na América Latina, locais onde os casos de avistamento, contato e abdução são mais noticiados. Porém, alguns dos casos mais intrigantes vêm da Austrália, mostrando que para os extraterrestres não há fronteiras e nem barreiras geográficas. O que querem conosco, ninguém sabe, e o mistério apenas cresce...

Categoria: ABDUÇÕES | EFEITOS FÍSICOS | HOMENS DE PRETO | INVESTIGAÇÃO | UFOS NA AUSTRÁLIA

O mistério dos discos voadores, como eram chamados à época, e suas manifestações por todo o mundo estavam, nos idos dos anos 60, sob a lente míope da ciência politizada e militarizada. Eram os tempos da Guerra Fria e todos os aspectos da vida, principalmente os extraordinários, se tornavam assunto de segurança nacional. A ciência que os estudava não escapou ilesa no processo e muitos cientistas foram obrigados a concordar com declarações oficiais, das quais, talvez em outra época, discordassem cabalmente.

Nesse contexto foi publicado em 1969 o Relatório Condon, um estudo oficial sobre avistamentos de UFOs feito por um grupo de cientistas, cujo aparente objetivo era enterrar de vez o assunto. O assunto não morreu, mas o relatório conseguiu banir a discussão para a clandestinidade, revestindo a pesquisa ufológica de um caráter demeritório em todas as suas vertentes. Os UFOs, entretanto, continuaram sendo vistos nos céus ou pousados sobre campos, e as pessoas não deixaram de relatar suas experiências apenas porque a política militar do Ocidente assim o queria. Naquele mesmo ano, 1969, o litoral norte australiano viveu uma onda de avistamentos e várias marcas foram encontradas no solo da região, indicando que objetos muito pesados haviam pousado ali naquele local.

O mais proeminente desses casos ocorreu em uma grande área de plantação de sorgo [No Brasil a planta é conhecida como milho zaburro] próxima à localidade de Bungawalban. Em 17 de abril daquele ano foram encontradas grandes marcas de achatamento na plantação, e havia histórias indicando que a área tinha alta incidência de avistamentos. O fato de a propriedade pertencer a um membro local do Parlamento Australiano deu notoriedade nacional ao caso e muitas pessoas foram para a área conferir o fenômeno, inclusive este autor.

A colheita, cujas plantas tinham algo em torno de 4,5 m de altura, mostrava quatro padrões distintos de achatamento. O maior deles media 18 por 5 m. O efeito de acamamento, que acontece quando as plantas caem devido ao próprio peso, foi afastado pelos fazendeiros locais, familiarizados com esse tipo de ocorrência. Para aumentar o mistério, dois homens que trabalhavam no controle de inundações, a aproximadamente 1,5 km ao norte da plantação, declararam ter visto um brilho no céu na direção da fazenda na noite anterior. E um fazendeiro vizinho alegou ter visto objetos voadores misteriosos sobre as plantações algumas noites antes do surgimento das marcas.

 

 

crédito: AUSTRALIAN LANDSCAPE
Atenção
Para continuar lendo este artigo, você deve se cadastrar no Portal UFO.
O cadastramento é gratuito e dá acesso a todo o conteúdo do site. Basta clicar aqui.
Caso já tenha cadastro, conecte-se na home do site ou clique aqui.
ENQUETE
  GENIAIS.COM   
Edição 258
Sumário Edições anteriores

CENTRAL DE ATENDIMENTO

(67) 3341-8231
Horário: das 09h00 às 18h00, de segunda a sexta (exceto feriados)

FORMAS DE PAGAMENTO

Formas de pagamento

NOTÍCIAS MAIS VISUALIZADAS

+ NOTÍCIAS
2011 © Editora Evolução Ltda.
Todos os direitos reservados. Termos de Uso. Declaração de privacidade.