Revista UFO - Portal da Ufologia Brasileira - A mais antiga revista sobre discos voadores do mundo

ENTREVISTAS

Por Carlos Odone Nunes

Há inúmeras raças extraterrestres vivendo entre nós aqui na Terra

O que os ETs querem de nós? De onde vêm? Por que vêm? Essas perguntas recorrentes talvez possam ser respondidas se examinarmos com mais atenção as mensagens recebidas por pessoas que se dizem contatadas. Seriam elas profetas modernos nos alertando para prestarmos atenção a nós mesmos?

Categoria: CASUÍSTICA | ENTREVISTA | LENDAS E FOLCLORES | RADIAÇÃO

Em todo o mundo há pessoas que alegam ter contatos com seres de outros planetas, em alguns casos de forma esporádica e, em outros, apenas uma vez na vida. Porém, existem aqueles que são frequentes e abrangem uma imensa e variada gama de situações. Variados também são os argumentos daqueles que alegam que tudo não passa de delírio, loucura e mentira dos tais contatados, isso quando não se atribui suas experiências à histeria coletiva como explicação para fenômenos em massa.

A análise do contato extraterrestre requer a falta de preconceitos do analista, algo muito difícil de se encontrar, pois seja para afirmar ou para negar sua realidade as pessoas normalmente têm uma opinião formada antes de estudar os casos. A verdade é que boa parte dos contatados — e aqui estamos excluindo os casos de fraude explícita — passa por experiências transformadoras em suas vidas. Ainda que o contato tenha ocorrido apenas uma vez, o indivíduo nunca mais será o mesmo.

Embora haja acontecimentos em que a experiência deixa graves sequelas na pessoa contatada, a maioria daqueles que passaram por um episódio de contato têm sua vida mudada para melhor — torna-se menos agressiva, empática e espiritualizada. Há uma ampliação na maneira com que o indivíduo encara a sua existência e a dos demais, ainda que ele jamais tenha repartido sua experiência com alguém. Verdadeiro ou não, o contato merece um estudo aprofundado para que se possa compreender melhor do que realmente se trata.

Entrevistado especial

Nosso entrevistado dessa edição, o coronel José Welliston Rodrigues de Paiva, de 53 anos, é piloto de helicóptero da Polícia Militar do Ceará, tem mais de 3.500 horas de voo e 29 anos de atividade aérea nas mais variadas missões, como instrutor, examinador credenciado da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e especialista em resgates, escoltas e voos executivos. Mas para muito além de sua experiência profissional, Paiva é um contatado que coleciona experiências singulares e vivências fantásticas.

Atualmente lotado na Unidade Aérea da Secretaria de Segurança Pública do Ceará, seu interesse pela Polícia Militar nasceu em virtude de ter muitos familiares na Força — seu pai, um dos tios e vários primos também seguiram a carreira militar. Bacharel em Segurança com especialização em Políticas Públicas, o entrevistado frequentou o Curso de Auxiliar Técnico em Análise Químicas e, aos 18 anos, foi estudar na Escola de Material Bélico do Exército, no Rio de Janeiro, onde se especializou em armamento leve e pesado, explosivos, munições e instrumentos óticos de direção de tiro. Em seguida voltou para Fortaleza, onde serviu nas fileiras do Exército Brasileiro, até 1986. Nesse período, os contatos com seres extraterrestres, pararam.

Atenção
Para continuar lendo este artigo, você deve se cadastrar no Portal UFO.
O cadastramento é gratuito e dá acesso a todo o conteúdo do site. Basta clicar aqui.
Caso já tenha cadastro, conecte-se na home do site ou clique aqui.
ENQUETE
  GENIAIS.COM   
Edição 258
Sumário Edições anteriores

CENTRAL DE ATENDIMENTO

(67) 3341-8231
Horário: das 09h00 às 18h00, de segunda a sexta (exceto feriados)

FORMAS DE PAGAMENTO

Formas de pagamento

NOTÍCIAS MAIS VISUALIZADAS

+ NOTÍCIAS
2011 © Editora Evolução Ltda.
Todos os direitos reservados. Termos de Uso. Declaração de privacidade.