Revista UFO - Portal da Ufologia Brasileira - A mais antiga revista sobre discos voadores do mundo

NOTÍCIAS

03.05.13 | Atualizado 07.05.13 - 22h51 | Por Equipe UFO

Tema da abertura ufológica deve ser discutido na ONU

Ufólogos e um senador norte-americano discutem os próximos passos da abertura ufológica global

Categoria: UFOLOGIA OFICIAL | UFOs: LIBERDADE DE INFORMAÇÃO JÁ

Nesta sexta-feira, 03 de maio, encerram-se as Audiências Públicas sobre Abertura em Washington, evento onde mais de 40 participantes apresentaram depoimentos, fatos e documentos a uma comissão de políticos, autoridades e pesquisadores, nos moldes de uma audiência pública, conforme costuma ser realizada no Congresso dos Estados Unidos.

Após os trabalhos de quinta-feira, com destacada participação do Brasil, representado pelo editor da Revista UFO A. J. Gevaerd e o colaborador Wilson Picler, liderando a delegação sul-americana, todos foram convidados para uma reunião de trabalho de mais de duas horas. Essa conversa foi conduzida pelo organizador do evento Citizen Hearing on Disclosure, Stephen Passet, e o ex-senador norte-americano Mike Gravel, participante da mesa de autoridades.

A discussão girou em torno da proposta de levar o tema UFO para a Organização das Nações Unidas (ONU), a fim de que seja apropriadamente debatido. Conforme Gevaerd explica: "Há uma enorme complexidade neste processo e isso só será possível com um movimento do qual participem vários países simultaneamente e em caráter intensivo, atuando junto aos seus governos e sociedades".

O editor de UFO prossegue: "Muitas propostas foram apresentadas durante a reunião, que agregou gente de uns 10 países e que teve o Brasil representado pelo professor Picler e por mim. As ideias do italiano Roberto Pinotti se somaram às do coronel norte-americano Robert Salas e às do advogado peruano Anthony Choy. O advogado de NYC Daniel Sheehan também fez sugestões de como este movimento deveria ocorrer e recebeu a emenda do senador Gravel e considerações de Bassett".

Gevaerd explica que finalmente houve consenso diante de uma proposta apresentada por ele e por Picler. A sugestão é elaborar, ao final das Audiências Públicas sobre Abertura, um documento com as conclusões, solicitações e sugestões que emergiram durante o evento, nos moldes da Carta de Foz do Iguaçu, apresentada e assinada ao final do recente IV Fórum Mundial de Ufologia. A Carta, lançada pela Revista UFO e pela Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU), teve como resultado a história reunião dos pesquisadores com representantes de Exército, Marinha e Aeronáutica no Ministério da Defesa em Brasília, no último dia 18 de abril.

A proposta a ser apresentada determina que o evento Citizen Hearing on Disclosure emita quando de seu término um documento, tal como uma Carta de Washington, apresentando as principais conclusões. Seria assinada primeiramente pelos políticos e atoridades presentes, liderados pelo senador Gravel. Gevaerd explica: "Todos os demais parlamentares também assinam dando o peso de suas personalidades e credibilidades, assim como todos os conferencistas e panelistas, ufólogos e testemunhas. O documento, além de expor as conclusões, que não são poucas, também pede o estabelecimento, dentro da Secretaria Geral das Nações Unidas, através de sua agência que lida com o uso e exploração do espaço exterior, a implantação de uma nova discussão sobre o tema UFO".

crédito: Revista UFO
A. J. Gevaerd e Wilson Picler durante a história participação brasileira e sul-americana
A. J. Gevaerd e Wilson Picler durante a histórica participação brasileira e sul-americana

 Gevaerd acrescenta: "Todos nós, ufólogos de cerca de 10 países presentes, ficamos comprometidos de fazer em nossos países campanhas locais para emplacar a proposta da Carta de Washington, se este for o nome escolhido, e deste esforço multinacional, somado e amparado por outras reuniões futuras em variados locais, pode sair a vitória de levar a discussão de volta à ONU". O editor da Revista UFO afirma ainda que a participação brasileira de mostrou fundamental na elaboração da proposta, e que a campanha UFOs: Liberdade de Informação Já, é vista pelas outras nações como exemplo a ser seguido, inclusive no sentido de levar o assunto UFO para as Nações Unidas.

Gevaerd conclui: "Enfim, começaremos na semana que vem, aí do Brasil, a cumprir a agenda descrita e estabelecida aqui em Washington para pedir a ONU que abra suas portas para a Ufologia Mundial apresentar suas propostas de rediscussão da questão ufológica em sua Assembleia Geral. A Revista UFO vai se comprometer em fazer uma campanha de alto nível para alcançar o sucesso".

Ministério da Defesa e ufólogos acertam canal de comunicação inédito no mundo

O Brasil estará representado no maior movimento de abertura ufológica do mundo

Tem início maior debate mundial sobre abertura ufológica

A. J. Gevaerd concede entrevista nas Audiências Públicas sobre Abertura

Prosseguem as Audiências Públicas sobre Abertura

Brasil e América do Sul nas Audiências Públicas sobre Abertura

Site oficial do Citizen Hearing on Disclosure

Saiba mais:

Livro: Dossiê Cometa

crédito: Revista UFO
Dossiê Cometa
Dossiê Cometa

 DVD: UFOs Aqui, Agora

 

ENQUETE
  GENIAIS.COM   
Edição 256
Sumário Edições anteriores

CENTRAL DE ATENDIMENTO

(67) 3341-8231
Horário: das 09h00 às 18h00, de segunda a sexta (exceto feriados)

FORMAS DE PAGAMENTO

Formas de pagamento

NOTÍCIAS MAIS VISUALIZADAS

+ NOTÍCIAS
2011 © Editora Evolução Ltda.
Todos os direitos reservados. Termos de Uso. Declaração de privacidade.